“A obra de arte nos reconcilia com a verdadeira e viva realidade”

Claudio Santoro

     Comemorando o 46º aniversário, dia 23 de outubro, o Ballet Stagium estréia novo trabalho, com coreografia de Décio Otero e direção teatral de Marika Gidali, inspirado na obra musical de Claudio Santoro – compositor, regente, violinista e professor, que produziu uma obra profícua e variada, brasileiro de Manaus aclamado no mundo inteiro.

Para o Stagium é mais um compositor clássico nacional que vem juntar-se ao repertório da companhia, como Villa Lobos, Francisco Mingnoni, Marlos Nobre e Almeida Prado.

Este importante resgate se faz necessário com o intuito de popularizar a obra marcante e fundamental de Claudio Santoro,  para que ele não seja somente conhecido como nome de teatros, Teatro Nacional Claudio Santoro, em Brasília, e o Auditório Claudio Santoro, em Campos do Jordão.

One thought on “A NOVA OBRA DO STAGIUM: Preludiando

  1. Parabéns Ballet Stagium!
    Maravilhosas coreografias tendo como fundo músicas brasileiras encantadoras!
    Estarei presente na comemoração, com certeza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *